UFPB inscreve projetos de extensão voltados às demandas da comunidade

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) publicou a edição 2022 do Edital do Fluxo Contínuo de Extensão, que estabelece os critérios para registro e execução de atividades de extensão na Instituição. O objetivo do edital é estimular a realização de ações que priorizem a formação acadêmica e cidadã dos alunos por meio de ações relacionadas às necessidades e demandas da sociedade paraibana. Podem submeter projetos os servidores técnico-administrativos e docentes.

E para promover o desenvolvimento humano e social junto à comunidade, a Pró-Reitoria de Extensão (Proex), por meio da Coordenação de Programas e Ação Comunitária (Copac), estabeleceu a vigência do FLUEX 2022 até 31 de dezembro, possibilitando o registro de atividades durante todo o ano. Os interessados em realizar ações de extensão devem observar a necessidade de submeter a proposta com o prazo mínimo de 15 dias de antecedência do período previsto para a execução da atividade.

Cada proponente poderá coordenar variadas modalidades de ações de extensão que podem ser cursos e oficinas, eventos, produtos, programas, projetos e prestação de serviços. No edital estão disponíveis as descrições das modalidades bem como as exigências específicas para o cadastro em cada uma delas. As propostas devem ser submetidas por meio do Sistema Integrado de Gestão das Atividades Acadêmicas – Sigaa.

De acordo com o coordenador da Copac Thiago Cavalcante, que se encontra substituindo temporariamente a Pró-Reitora de Extensão Profa. Berla Moraes, a partir de 2022 o edital prevê um registro mais sistematizado da modalidade prestação de serviço, que é a oferta da ação extensionista na forma de consultas, exames, consultorias, dentre outros. São oito as áreas temáticas para a realização de atividades de extensão na UFPB pelo FLUEX 2022: Comunicação, Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação, Meio Ambiente, Tecnologia e Produção, Saúde e Trabalho.

Além de estar vinculada a uma das áreas temáticas, cada atividades de extensão deverá, ainda, estar alinhada com um dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, sendo eles: erradicação da pobreza, fome zero e agricultural sustentável, saúde e bem-estar, educação de qualidade, igualdade de gênero, água potável e saneamento, energia acessível e limpa, trabalho decente e crescimento econômico, indústria, inovação e infraestrutura; redução das desigualdades, cidades e comunidades sustentáveis, consumo e produção responsáveis, ação contra a mudança global do clima, vida na água, vida terrestre, paz, justiça e instituições eficazes; além de parceiras e meios de implementação.

Todas as ações de extensão propostas, obrigatoriamente, deverão possuir discentes voluntários como membros de equipe executora, bem como quantificar o público interno e externo participantes da ação. Empresas Juniores e Ligas Acadêmicas também podem registrar ações de extensão.

Dados da Proex apontam que, em 2021, foram registradas 319 ações de extensão, sendo 157 cursos, 75 projetos, 73 eventos, 12 produtos e 2 programas. O registro da atividade é fundamental para a função acadêmica da extensão, possibilitando maior fluidez no processo de formação profissional e cidadã dos discentes, a qualificação de professores e técnicos da Instituição e o estreitamento da relação da Universidade com os outros setores da sociedade.

As informações sobre o edital FLUEX 2022 estão disponíveis na página da Proex e dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail [email protected].

Texto: Elidiane Poquiviqui | Foto: Angélica Gouveia – Ascom UFPB

Please follow and like us:
Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial