UFPB realiza simpósio sobre espiritualidade, religião e arte

Entre os dias 18 e 20 de abril, o projeto de extensão Espiritualidade, Religião e Arte: um respiro em tempo de pandemia, desenvolvido no curso de Ciência das Religiões da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), realiza o I SIMESPIRA – Simpósio Entre Espiritualidade, Religião e Arte: as artes como (re)existência entre poéticas corporais, ancestrais e literárias.

De acordo com a coordenadora, Profa. Leyla Brito, o objetivo do evento é levar para o debate público a relevância das linguagens artísticas, comunitárias, periféricas, locais, para a elaboração de modalidades de existência coletivas e subjetivas conscientes e sensíveis a dimensões e realidades humanas mais profundas e genuínas.

A ideia é construir momentos de reflexão, crítica e partilhas artísticas sobre a importância das artes na constituição e invenção de modalidades de existência e espiritualidades profundas, nutridas pela inconformidade com obviedades e apatias de um cotidiano viciado na alienação, falta de vitalidade, criatividade, desejo e amor.

“Oferecer espaço para a insurgência das artes, não reduzindo-as a objeto de investigação, constitui o principal objetivo do I SIMESPIRA. Assim, priorizamos a experiência dos artistas, suas narrativas e processos criativos, que, com seus corpos-vozes e sensibilidades, abordarão suas trajetórias e reflexões sobre a importância, os caminhos e descaminhos da arte em suas vidas, fazendo de seus gestos criativos possibilidades de encontro com o âmago das coisas”, disse a docente Leyla Brito.

Segundo a organizadora, o diferencial do evento está em priorizar a fala de produtores culturais, artistas envolvidos com coletividades e atuações educacionais, sem reduzir as artes a meros objetos de investigação acadêmica. O evento é aberto a toda a comunidade acadêmica e externa à universidade que se interesse pela temática.

Para isso, o evento contará com 03 mesas redondas temáticas, uma a cada dia. No dia 18, o tema a ser tratado será “Poéticas literárias: a poesia como palavra criadora” e participarão do diálogo a editora e revisora de livros Mariana Tabosa, o autor e professor de literatura Mário Alex Rosa e o autor de livros de poesia Claudemir Calixto.

No segundo dia do evento, “Poéticas do corpo: dançar e atuar para existir” será o tema que norteará o diálogo entre Éwelyn Lina, pesquisadora de videodança; Kilma Farias, professora, bailarina e pesquisadora; e Jamila Facury, atriz, figurinista e poeta.

O evento será finalizado no dia 20 de abril com a mesa “Poéticas negras: ginga e ancestralidade”. Estão disponíveis 100 vagas para o I SIMESPIRA, com inscrições abertas até o dia 17 de abril, pelo Sistema Integrado de Gestão de Eventos (SIGEventos). O evento será inteiramente remoto, sendo transmitido através do canal do YouTube Respira-UFPB, projeto de extensão do qual se originou o simpósio. Para informações adicionais, o público interessado pode entrar em contato pelo e-mail: [email protected]

Texto: Elidiane Poquiviqui | Imagem: Divulgação – Ascom UFPB

Please follow and like us:
Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial